JAMAIS DESISTIR

 

image

“E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até o fim será salvo.”

Marcos 13:13

 

NENHUM DE NÓS SE SENTIRÁ BEM ANTE AS faltas que poderia ter evitado. No entanto, nesses momentos malsucedidos, recordamos ao amor que merecemos para conosco.

A intolerância e a culpa, a tristeza e a vergonha, quando nos fazem sofrer, são efeitos da nossa incapacidade de aplicar o autoamor, estabelecendo o clima da cobrança e da severidade, que constituem dolorosas prisões emocionais.

O tempo presente, porém, chama-nós para a lucidez moral. Compete-nós o perdão incondicional ante os dissabores com faltas e brandura para recomeçar.

Comecemos indagando se algo nos impede, definitivamente, de retomar a luta.

Depois oremos suplicando. Extensão da misericórdia celeste. Muitos erros da caminhada servem para sentirmos o quanto ainda somos suscetíveis à queda e para reconhecermos, com mais exatidão, a extensão da nossa fragilidade.

Em seguida, façamos um inventário de vitórias e esforços. Perceberemos o valor de continuar o bom combate sem tréguas.

Após esses passos, retomemos o trabalho honesto, e o tempo se encarregará do restante.

Não existe ascensão espiritual sem tropeços e enganos. Façamos o melhor que pudermos, mas na hora infeliz e dilacerante do fracasso, pensemos em Deus e adotemos como compromisso jamais desistir de lutar e buscar a felicidade, trabalhando, dia após dia, pelo reerguimento e reparação em favor da nossa paz.
Ermance Dufaux, 30 de setembro de 2010.

Venceremos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s